quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O surgimento da filosofia na Grécia Antiga


             A filosofia, segundo Aristóteles, surgiu no século VI a.C. e teve como seu primeiro representante Tales de Mileto. Apesar de ser quase uma unanimidade sobre quem e quando começou o estudo da filosofia, os historiadores da filosofia dizem que ela começou antes dessa data, mas que essa filosofia não era científica.
            Antes do marco inicial da filosofia, alguns povos tinham diferentes maneiras de justificar alguns fenômenos naturais, assim era utilizado o pensamento mítico, no qual eles explicavam aspectos da realidade por meio de mitos, usando apelos ao sobrenatural, ao sagrado, ao mistério e a magia. A partir desses pensamentos místicos, os gregos, começaram uma fase filosófico- cientifico, onde passaram a fundamentar, a questionar, a criticar e até corrigir pensamentos. O pensamento filosófico como ciência não rompeu de maneira imediata com o pensamento mítico, ele ainda influenciou muitos filósofos em outros séculos.
            Devido a novo modelo político e a mistura de culturas, alguns mitos já não serviam mais para justificar alguns fenômenos, perceberam que cada cultura tinha uma visão diferente de fatos que aconteciam e criavam suas próprias tradições místicas, com isso, surgiu à filosofia científica, iniciada por Tales de Mileto.
            Os primeiros filósofos pré- socráticos (viveram antes de Sócrates) contribuíram com algumas noções fundamentais (casualidade, elemento primordial, caráter crítico), embora imprecisas, que explicavam a realidade a partir do que se encontrava no mundo concreto, por exemplo, a noção de casualidade, no qual mostrava a relação de causa e feito dos fenômenos naturais, e que para que não ocorresse de um efeito ser tomado por outra causa, os primeiros filósofos, postularam um elemento primordial que serviria de ponto de partida.
             Portanto, é por isso que muitos historiadores consideram que o surgimento da filosofia como ciência teve inicio no século VI a.C. e o primeiro filósofo foi Tales de Mileto.

Referência : Marcondes, D. (2010). Iniciação á História da Filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein (3a ed.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário